segunda-feira, 13 de agosto de 2012


{Resenha} Guerra dos Tronos

4

Passeando pelo shopping, resolvi ir à livraria, afinal, não é um passeio no shopping se não houver uma visita à livraria. Foi lá que eu vi As Crônicas de Gelo e Fogo exposta na prateleira de destaques, onde ficam os mais vendidos. Nunca tinha ouvido falar dessa série e resolvi procurar saber o assunto do livro, já que me apaixonei pela capa. As frases que os críticos dos jornais mais famosos do mundo eram só elogios. E todas as resenhas que lia eram maravilhosas. Entrei no skoob, e vi que a maioria das notas foram 5 estrelas, e fiquei mais curiosa ainda pra saber porque todos amavam este livro que em pouco, ficou muito famoso. Foi então que passando pela biblioteca, vi-o na prateleira. Parecia que ele estava me chamando. Comecei a lê-lo, e hoje posso dizer que entrou para minha lista de livros favoritos.
O livro conta a história de um reino que está em crise, onde a mão do rei Jon Arryn morreu ao descobrir o maior segredo do reino. A partir daí, a estória vai se desenvolvendo.
Para começar, nunca tinha lido antes um livro medieval com uma dose certa de “romance” e ação. Nunca havia imaginado também que havia tantas intrigas naquela época. Cada palavra, cada parágrafo, cada página, fazia com que eu me distanciasse do mundo real e me aproximasse ora de Winterfell, ora da Muralha e ora dos dothrakis. O pior de tudo foi que a cada capítulo avançado, o fim se aproximava e eu sabia que em algum momento, o livro terminaria e eu não saberia como agir, pois mesmo sendo o primeiro livro da série, sentia meu coração pesar como se estivesse diante do último exemplar disponível na face da Terra e o quisessem tirá-lo de mim. Acho que já deu pra sentir a intensidade do livro.

Conforme a estória ia se desenrolando, fui me apaixonando por cada personagem, cada vez mais amei suas personalidades singulares, amei suas palavras, amei suas inteligências e suas habilidades. O jeito lady de Sansa. O destemido de Arya. A honra de Eddard Stark. A coragem de Catelyn Tully. A esperteza de Tyrion Lannister. A inteligência de Robb Stark. A determinação de Jon Snow. A maturidade de Bran Stark. A ingenuidade de Rickon Stark. A força de Daenerys Targaryen. Enfim, amei-os mais do que um dia amei personagem algum, dia algum fiquei fascinada com tantas estórias tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais.

Assim como Tolkien, Martin escreve muito bem, e tem uma imaginação que a muito não se via. Diria eu, que ele é um dos melhores escritores da atualidade. Diria também que seus livros chegaram para marcar uma geração, assim como HP marcou. O único aviso que deixo é aos leitores que não possuem paciência de ler narrativas e só se importam com os diálogos: este é um livro com muitas narrativas longas, mas ao mesmo tempo, essa narrativa não é maçante, mas sim, surpreendente. Aos leitores ávidos deixou o seguinte recado: corram agora para ler As Crônicas de Gelo e Fogo, dou a minha palavra que esta é uma das melhores séries que eu já li.




Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha - uma cruel mulher do clã Lannister - e sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda sua família.

4 comentários:

José Igor disse...

Sua resenha está tão otimamente escrita quanto a estória de A Guerra dos Tronos! Parabéns! Eu tbm havia escrito sobre ela no meu blog (horadelerlivros.blogspot.com.br - dá uma passada lá, por favor, rs)...
Bom, seu blog será um sucesso, é só continuar apaixonada assim e escrever do mesmo jeito! Adorei! Seguindo com certeza! Bjoos!

Carol disse...

The Best!!!!
Adoro o livro e adoro o seriado. Ficou muito fiel a historia original.
Amei seu espaço!!
Se puder, segue la o meu:
http://terradecarol.blogspot.com.br/

Jenny Fonseca disse...

Obrigada José, pode deixar que vou passar no seu blog sim.

Jenny Fonseca disse...

Também sou apaixonada pelo seriado e pelo livro Carol, é muito bom mesmo, pode deixar que seguirei.

Postar um comentário